Animais

Creche para cães: qual, quando e por que usá-lo

Pin
Send
Share
Send
Send


Residências para cães ou jardins de infância para cães são o lugar perfeito para deixar nosso amigo em boas mãos se precisarmos ficar fora de casa por motivos familiares, profissionais ou pessoais.

É normal nos primeiros dias que nosso cão seja um pouco apático e não mostre muito desejo de brincar ou comer, embora também existam animais que desde o primeiro dia estejam integrados ao ritmo e à rotina do local. Uma boa residência de mármore deve ter profissionais qualificados e instalações especializadas no atendimento de canídeos. Neste artigo, coletamos os elementos que você deve prestar atenção se estiver pensando em procurar uma residência para o seu animal de estimação.

Espaços amplos e bem ventilados

A primeira coisa que devemos observar é que a residência possui amplos espaços e que esses são ventilados adequadamente para evitar maus odores e que os animais respiram um ar velho. Além disso, é a melhor maneira de reduzir algumas condições, como a traqueobronquite.

Também é importante que você tenha um sistema de controle climático, pois animais, como seres humanos, também sofrem em ambientes muito frios ou quentes.

Os espaços individuais onde os animais descansarão também deverão ser amplos, nunca inferiores a 6 metros quadrados. Se dois canídeos moram na gaiola, o espaço deve ser o dobro, ou seja, 12 metros. Assim, os animais podem se mover livremente enquanto estão lá.

Finalmente, é essencial que você tenha áreas externas para que os cães possam sair e correr ao ar livre, um aspecto essencial para o correto desenvolvimento físico e mental do animal.

Todas as áreas devem estar equipadas com um sistema de vigilância que permita controlar o que acontece em todos os momentos nas instalações, especialmente durante a noite, momento em que há menos funcionários. Existem residências que até nos permitem ver nosso cão durante sua estadia através de dispositivos móveis, um sistema interessante que nos permitirá observar que nosso animal é bem cuidado.

Higiene

Obviamente, a residência canina deve ser limpa e convenientemente desinfetada, tanto em espaços comuns quanto em gaiolas. Os profissionais deverão nos informar sobre a maneira como desinfetam e limpam as diferentes instalações dos cães, bem como com que frequência o fazem.

Uma boa higiene impede os animais de contrair doenças ou parasitas.

Associado a isso, é necessário verificar se as instalações possuem um sistema de drenagem completo que facilita a limpeza dos compartimentos internos e das gaiolas.

Cuidados de saúde

Finalmente, o berçário ou a residência canina deve ter funcionários, dentre os quais veterinários e profissionais de saúde que cuidam e cobrem as necessidades nutricionais e de saúde dos canídeos.

Últimos comentários neste artigo (1)

Por decaninos em 06/03/2017 às 15: 53h

Obrigado pela informação. Gostaria de acrescentar que é importante perguntar se a residência possui a licença principal do zoológico. Com isso, você garante que eles estejam em ordem com o Ministério do Meio Ambiente, o município correspondente e que o local tenha sido examinado anteriormente por um inspetor de saúde.

Também seria bom se você fosse informado sobre o tipo de alimento que eles recebem, quantas vezes por dia e o mesmo com a água.

Eu tenho um blog sobre cães e também discutimos esse tópico e outros interessantes.

Por que um berçário para cães

Um viveiro canino É um serviço cada vez mais oferecido nas cidades, devido ao alto nível de atividade diária dos adotantes.

Os cães são claros que são animais muito sociais que carregam a solidão fatalmente e permanecem sozinhos em casa.

Um berçário canino torna-se o melhor remédio para evitar que o cão sofra solidão e estresse em casa por estar bloqueado por muitas horas, ou o melhor remédio para quando seus adotantes precisam fazer uma viagem ou ter alguma urgência e não sabem onde podem deixe o cachorro

Mas, além de todos esses serviços, um viveiro canino implica benefícios importantes para o animal:

  • O cão aprende a viver com outros cães, reforçando que é um cão mais sociável com os outros.
  • O cão drena a energia brincando com outros cães, que em casa não podem ser esgotados pelo desenvolvimento da ansiedade, geralmente levando a comportamentos inadequados, como triturar coisas, micção intermitente, tijolos

Quando uma creche para cães

Os serviços de um jardim de infância podem ser usados ​​em casos tão diferentes como:

  • Cães que passam muitas horas sozinhas em casa e freqüentemente sofrem de problemas de ansiedade de separação.
  • Adotadores a quem surge uma emergência e eles não têm onde deixar seu cachorro por essas horas ou dias.
  • Adotadores que planejam uma viagem em que o cão não tem táxi

Qual berçário para cães

Nem todos os jardins de infância são adequados para cães.

Vou listar uma série de considerações que você deve levar em consideração para escolher uma boa creche para cães.

  • Deve ter profissionais qualificados. Nem todo mundo serve para cuidar de cães. O pessoal de um viveiro de cães não deve apenas observar os cães: eles devem ter conhecimento de educação, alimentação, cuidados veterinários básicos etc.
  • Você deve ter um espaço generoso. Nós nos referimos ao espaço tanto dentro como fora. Um cão precisa sair e ter um jardim onde você pode se bronzear. Evita viveiros que são gavetas de quatro paredes onde quase não há ventilação ou grandes janelas.
  • Deve ter serviço veterinário. Quando comentamos que em um berçário é necessário ter conhecimentos veterinários, é porque você nunca sabe o que pode acontecer ou que tipo de cães você precisa cuidar. Pode haver cães que precisam de medicação, cães com convulsões epilépticas, cães que se exaltam em uma briga (não é comum se os profissionais souberem se antecipar aos sinais) e que a cicatrização de feridas deve ser feita etc.
  • Deve ter instalações higiênicas e seguras. Higiene e segurança são essenciais, portanto, é uma boa ideia não dar uma olhada nas instalações antes de deixar seu cão. Deve-se verificar se as instalações possuem as medidas mínimas de higiene e segurança: se o cão é impedido de escapar, pode ser ferido com cabos, etc.
  • Você deve ter um feed personalizado. Você pode levar a comida do seu cão ou adaptar-se à do berçário; sim, observe que, na medida do possível, é personalizado para evitar que ele fique doente de estômago nos dias em que ele estiver lá.

Um berçário para cães, além de cuidar do limite de cães, você também deve cuidar do tipo de cachorro que hospeda em suas instalações.

Cães muito anti-sociais ou cães mais velhos não são recomendados, pois sofrem mais do que gostam. Para esses casos, em vez de um jardim de infância, é melhor contribuir com cangurus, em que a atenção é mais personalizada.

Pin
Send
Share
Send
Send