Animais

Meu porquinho da índia cai de pêlos: qual é o motivo?

Pin
Send
Share
Send
Send


Por que minha cobaia não come? Cobaias como animal de estimação, Eles geralmente têm um bom apetite, mas há certas ocasiões em que podem perdê-lo. Pode ser devido a um problema ou doença, porque não é o alimento certo ou algo está errado no seu ambiente ... Existem muitas razões possíveis! Obviamente, se o seu porquinho da Índia se recusar a comer, algo está errado e você deve fazer algo a respeito. Nós conversamos sobre isso!

1. Seus dentes cresceram muito

Como com outros roedores, os dentes da cobaia nunca param de crescer, então eles precisam arquivá-los constantemente. Se, por algum motivo, você não estiver arquivando recentemente, pode ter crescido mais do que o necessário.

Dentes muito compridos dificultam e às vezes até impedem a ingestão de alimentos. Eles fazem feridas na boca e podem até sair. Se isso aconteceu, é importante ir ao veterinário o mais rápido possível para que você possa arquivá-los; caso contrário, sua cobaia não poderá comer.

2. Acumulação de tártaro

Se houver muito tártaro, Isso pode causar desconforto ao seu porquinho da índia. De fato, se for um acúmulo muito excessivo, pode levar a infecções e outros problemas orais mais graves. Se ocorrer, você deve levá-lo ao veterinário para fazer uma limpeza na boca.

O tártaro pode ser evitado, pelo menos em parte. Existem alimentos específicos que ajudam a reduzi-lo. O importante é evitar causar problemas que impedem você de comer.

3. Obstrução gastrointestinal

Problemas gastrointestinais como Gases, obstruções devido a objetos estranhos ou prisão de ventre podem fazer com que o porquinho-da-índia se sinta mal e perca o apetite. Em casos graves, se a dor é muito forte, às vezes até param de se mover.

Se você suspeitar que sua cobaia possa estar sofrendo dessa obstrução, você deve levá-la ao veterinário o mais rápido possível. Lá eles farão os testes necessários e farão um tratamento para resolvê-lo.

4. Falta de vitamina C

A vitamina C é muito importante para as cobaias, mas eles não são capazes de produzi-lo naturalmente, então devemos nos dar na dieta. O escorbuto ou a falta de vitamina C nesses animais é bastante frequente. Se for o caso da sua cobaia, além da falta de fome, ela apresentará outros sintomas, como:

  • Imobilidade
  • Sangramento nas gengivas
  • Inchaço
  • Fraqueza
  • Anorexia se for muito grave

Um caso muito avançado de escorbuto pode matar sua cobaia. Por isso, no sintoma mínimo, ao veterinário! Para impedir que isso aconteça, lembre-se de fornecer vitamina C regularmente através de frutas e legumes.

5. Dieta inadequada

Uma das razões mais comuns pelas quais uma cobaia não come é que A comida oferecida não é a mais adequada. Lembre-se de que você não deve apenas dar ração, feno e sementes, mas também vegetais frescos para completar a ingestão de vitaminas e fibras. Tente também sempre estar bem hidratado.

Se você não receber os nutrientes necessários, sua cobaia enfraquecerá gradualmente e chegará um ponto em que você deixará de comer. Consulte o seu veterinário para encontrar a dieta certa para a sua cobaia.

6. infecção respiratória

Infecções respiratórias em porquinhos da índia eles também podem parar de comer. Geralmente, a maioria deles é devido a uma complicação de pneumonia ou resfriado, mas também existem infecções mais graves. A dificuldade em respirar faz com que fiquem exaustos e muito cansados, para que parem de comer.

Nestes casos, É aconselhável alimentar o mingau de porquinho da índia, é fácil de engolir e promove a hidratação. Se a sua cobaia não conseguir respirar, leve-a ao veterinário o mais rápido possível!

Evite expor seu porquinho da índia a correntes de ar frio ou deixá-lo molhado por um longo tempo, Isso multiplica as chances de desenvolver infecções respiratórias.

7. Desequilíbrios emocionais

Embora às vezes seja difícil de acreditar, a maioria dos animais de estimação pode sofrer, sob certas circunstâncias, estresse, ansiedade, tristeza ...assim como nós Se o seu porquinho-da-índia não comer, uma das coisas que você deve valorizar é o ambiente e a situação geral. Você está passando por um momento difícil ou está em uma situação inadequada? Por exemplo, Ruído excessivo, falta de higiene ou a morte de um parceiro podem causar uma cobaia a ter sentimentos negativos de vários tipos.

Perder o apetite em situações adversas é bastante normal, também para cobaias!

O que devo fazer se minha cobaia não comer

Como dissemos na maioria dos casos anteriores, Se você sabe ou suspeita que sua cobaia não come por ter alguma doença ou problema físico, é muito importante que você a leve ao veterinário. Além de comprometer sua saúde, o fato de você não comer é especialmente perigoso; se você estiver doente, provavelmente não comerá novamente até se sentir melhor, por isso É muito importante saber o que acontece e iniciar o tratamento o mais rápido possível.

Se for estresse, ansiedade ou tristeza, tente mudar a situação da sua cobaia. Passe mais tempo com ela se ela passar muito tempo sozinha, troque sua gaiola se estiver em um ambiente barulhento, sujo ou com uma temperatura inadequada ... Pode haver milhares de razões, analise o ambiente e corrija o que está errado! Em caso de dúvida, um veterinário também pode ajudá-lo a descobrir o que acontece e como cuidar melhor de sua cobaia.

A comida é a base da saúde da sua cobaia, se você não comer, terá que encontrar uma solução imediatamente!

Possiveis soluções

Não existe um método eficaz para que os porquinhos-da-índia parem de perder cabelo se for por causa do estresse, a única coisa que pode ser feita é tentar mudar sua dieta e forneça mais vitamina C para tentar impedir esse outono. Por outro lado, se é devido a uma doença como sarna (infestação por parasitas) ou micose, deve ser levado ao veterinário para iniciar o tratamento o mais rápido possível.

Tratamento -Mange. Se for descoberto que você tem uma infestação por ácaros, precisará ir ao veterinário o mais rápido possível para iniciar o tratamento. Durante o tratamento, é muito importante que a cobaia mantenha uma boa higiene e desinfete seu ambiente, além disso, deve ser isolado se houver mais porquinhos-da-índia em casa.

O tratamento a ser realizado pode variar dependendo da sarna e o tratamento também será relativamente simples se for detectado a tempo. Para realizar o tratamento, você pode aplicar injeções ou tratamentos tópicos específicos para acabar com o parasita, tudo depende do que o veterinário recomenda para a nossa cobaia. Para isso, devemos adicionar os antibióticos que o animal deve tomar se houver infecções secundárias por causa dos parasitas. Também deve ser lavado com um xampu específico para cobaias e verificações e verificações periódicas devem ser realizadas no veterinário.

-Tinea tratamento. Por algumas semanas, nosso porquinho da índia terá que fazer um tratamento antifúngico por via oral. Embora, dependendo da gravidade e extensão da micose pelo organismo do animal, pode ser que com um tratamento tópico simples seja mais do que suficiente. Além disso, é comum que você seja recomendado no veterinário para fornecer mais vitaminas e outros suplementos para maximizar as defesas do animal durante o tratamento. E devemos ter em mente que, se você tiver várias cobaias, terá que isolar a pessoa que sofre de micose, uma vez que é uma doença altamente contagiosa mesmo para humanos, tenha cuidado com o animal de estimação doente.

Como saber se minha cobaia está triste?

É comum que, antes do aparecimento de certos sintomas, consideremos que nosso porquinho da índia pode estar triste ou deprimido, no entanto, é importante destacar que muitos deles pode ser confundido com sintomas da doença facilmente, por isso será sempre conveniente visitar um veterinário especializado e garantir que o comportamento da cobaia não seja devido a patologias da espécie.

Se formos tutores experientes na posse de porquinhos-da-índia, saberemos como reconhecer facilmente os sinais que indicam que você é feliz, como intervalos de excitação, predisposição para a água, barulhos afetuosos ou a necessidade de interagir com outros membros da sua espécie. Lembre-se de que são animais gregários, que precisam interagir para desfrutar de um estado de bem-estar.

Por outro lado, o barulhos surdos, relacionado ao medo e estresse, choramingar e os gritos de descontentamento ou perigo iminente, estão indicando que nossa cobaia não se sente confortável. Mas como reconhecer que, de fato, nossa cobaia está triste?

Sintomas de uma cobaia triste ou doente

Abaixo, mostramos os sintomas mais característicos de um cobaia triste ou doente:

  • Inatividade
  • Guinchos e gritos
  • Barulhos anormais
  • Falta de apetite
  • Falta de interação
  • Estresse
  • Medo
  • Agressividade
  • Se esconde
  • Decadência
  • Fraqueza
  • Tédio
  • Falta de limpeza
  • Excesso de bebê
  • Estereótipos
  • Postura curvada

Por que minha cobaia está triste?

Se você reconheceu um ou mais dos sintomas que mostramos antes, será essencial prestar atenção às causas comuns que podem causar tristeza:

  • Estresse e ansiedade: Esses tipos de problemas se manifestam através de estereótipos (comportamentos repetitivos e constantes) que podem ser muito variáveis. Alguns exemplos podem ser a ingestão compulsiva de água, os movimentos em círculos ou um constante "jogo" com alguns de seus utensílios básicos, como o bebedouro ou o alimentador. Pode ser causado por um ambiente pequeno e sujo, por falta de atenção.
  • Medo e agressividade: embora não sejam especialmente frequentes, esse tipo de comportamento, direcionado a nós ou a outros animais, pode suspeitar que o animal sofra alguma patologia, que pode estar causando dor. Observaremos que o animal "congela", permanece inativo e oculto ou faz ruídos estranhos (como gritos e gritos). Esse tipo de comportamento também é comum em animais recém-adotados, que se sentem ameaçados em seu novo ambiente, embora também possa ocorrer no caso de má administração por parte do cuidador, principalmente se incluir punição e gritos.
  • Perda de um amigo de cobaia: Muitas pessoas se perguntam se os porquinhos-da-índia morrem de tristeza, já que a morte de um porquinho ou amigo da família geralmente gera apatia, falta de interação e tristeza.
  • Falta de estimulação: Os porquinhos-da-índia são animais inteligentes e ativos; por esse motivo, a falta de socialização, um ambiente ruim ou a baixa variedade de elementos podem causar apatia, tédio e tristeza. Vamos observar a decadência e que o animal permanece inativo a maior parte do tempo.
  • Doenças e outros: Existem várias patologias e distúrbios que podem causar sintomas anormais em nosso porquinho da índia e que podem ser facilmente confundidos por episódios de tristeza e depressão.

Abaixo, explicaremos quais etapas você deve executar para garantir a boa saúde e bem-estar da sua cobaia, siga nossos conselhos e recomendações.

1.- Eles são muito amigáveis

Pessoas que não estiveram perto de um porquinho-da-índia geralmente não acreditam nisso. Mas esses bichinhos eles são realmente muito amigáveis. Eles também reconhecem e respondem aos seus proprietários. Muitos eles gritam com prazer quando vêem seus donos. Ou eles tentam escalar os lados da gaiola para cumprimentá-los. Eles são tão interativos e amigáveis ​​quanto cães e gatos. Os porquinhos-da-índia costumam criar importantes laços de amor com seus donos. Isso significa que você não se sentirá sozinho se decidir levar um desses pequeninos para casa

Também Eles são animais de estimação maravilhosos para os mais pequenos da casa. Eles não são tão frágeis quanto os coelhos e geralmente são menos assustadores do que os roedores menores, como os hamsters. Porquinhos da Índia são maravilhosos animais de estimação para crianças em idade primária e mais velhas. Mas lembre-se, as crianças mais novas devem sempre ser supervisionadas em torno de porquinhos-da-índia, como em qualquer outro animal de estimação. Se você está procurando boas razões para ter uma cobaia como animal de estimação, isso não deve ser esquecido.

1. Leve sua cobaia ao veterinário

Especialmente se você notar que sua cobaia é rara e que, além disso, não come, bebe ou se move, vá ao seu veterinário imediatamente. Porquinhos-da-índia precisam ingerir feno de qualidade para manter seu sistema digestivo ativo; por esse motivo, a falta de ingestão de alimentos é uma sinal de alarme o que indica que precisamos visitar um especialista o mais rápido possível, pois a vida da cobaia pode estar em risco.

Se você está preocupado e acha que os sintomas observados podem ser devidos a uma patologia, recomendamos que você visite nosso artigo e descubra como saber se uma cobaia está doente. Também pode ser interessante que, em caso de inatividade, você visite o artigo sobre falta de atividade e tremores em cobaias.

As doenças mais comuns dos porquinhos-da-índia são:

  • Diarréia
  • Escorbuto
  • Abcessos
  • Parasitas
  • Insolação
  • Corpos estranhos
  • Displasia da anca
  • Doença da valsa
  • Surdez
  • Etc.

É importante destacar que algumas patologias, como insolação ou diarréia, podem ser fatais se não forem detectadas e tratadas a tempo. Além disso, porquinhos-da-índia nem sempre mostram claramente suas doenças, para que possamos enfrentar uma patologia séria em seus estágios finais.

De qualquer forma, é sempre aconselhável descartar um problema de saúde visitar um veterinário, antes de focar na depressão ou tristeza como problemas comportamentais.

2.- Eles são fáceis de cuidar

Porquinhos da Índia requer muito pouca manutenção. Eles precisam de água fresca, feno, pellets secos e vegetais. Su gaiola Ele precisa ser limpo uma vez a cada 1-2 semanas e é muito fácil de limpar. Uma opção ainda mais fácil seria ter uma gaiola feita de grades e coroplast com lã como roupa de cama. O uso de lã como roupa de cama é uma opção muito fácil, especificamente destinada a porquinhos-da-índia.

Em geral, os porquinhos-da-índia não precisam ser castrados nem esterilizados, a menos que você planeje ter mais de um no mesmo habitat. Isso significa que custos veterinários são mínimos, a menos que seu animal fique doente. Eles não precisam ser banhados na maioria das vezes, na verdade, eles não devem ser banhados mais de uma ou duas vezes por ano. Eles não precisam ser arrumados a menos que tenham cabelos compridos. Mas se eles precisarem dos dentes, eles serão aparados no máximo uma vez a cada 3 semanas. A coisa simples sobre o seu cuidado é uma das melhores razões para ter uma cobaia como animal de estimação.

3.- Eles não são destrutivos

Uma coisa muito boa sobre cobaias é que Eles não destruirão sua casa! Eles são muito menos propensos a mastigar móveis, e você nunca precisará se preocupar em arranhar o tapete. Vai junto com a razão pela qual eles não mordem. Eles simplesmente não se importam, e estão muito curiosos e com medo de fazer qualquer coisa. Seria difícil não descobrir uma cobaia antes de fazer algo destrutivo ou louco. Eles não pensam muito rápido e suas ações são ainda mais lentas do que seus pensamentos.

A pior coisa que eles farão em sua casa é fazer xixi ou cocô no chão. Algumas pessoas afirmam que seus porquinhos da índia são treinados para usar a caixa de areia. Mas, na maioria das vezes, uma loteria é sucesso ou fracasso com esse tipo de treinamento. Eles entendem ou não, e a maioria não. Dar-lhes tempo para estar no chão é uma boa ideia. colocar algo na área. Como velo ou toalhas para evitar acidentes. Se você está procurando razões para ter uma cobaia como animal de estimação, que melhor maneira de manter sua casa apresentável para os visitantes!

2. Época de adaptação da cobaia

Se você acabou de adotar seu porquinho-da-índia, pode estar deprimido e triste devido a separação de seus cuidadores anteriores e / ou cobaias amigáveis. Esse comportamento é muito comum nas cobaias e o mais importante será ter paciência e tentar interagir com ele pouco a pouco e com calma. Esses animais odeiam gritos, excitação excessiva e tratamento abrupto, porque apenas causam estresse e medo no animal.

É essencial que você prepare adequadamente uma gaiola de porquinhos-da-índia seguindo nossos conselhos, de acordo com o padrões de bem-estar animale garanta sempre acesso a seus utensílios básicos: espaço, comida, água, esconderijos, cobaias amigáveis, brinquedos.

Nos primeiros dias de uma cobaia em casa, devemos deixar espaço e proporcionar paz de espírito. Se formos afetuosos, calmos e constantes, o tempo de adaptação da cobaia pode variar entre algumas semanas e vários meses.

4.- Eles são baratos

Outra grande coisa sobre cobaias é que pode ser adotado Por um preço bastante razoável. Eles podem ser comprados em lojas de animais por preços diferentes, mas grandes quantidades nunca são gastas em uma cobaia.

No entanto, é um deles optar por adotar uma cobaia em vez de comprá-la em uma loja de animais. Existem muitos desses animais de estimação órfãos lá em abrigos que provavelmente foram tratados mais e definitivamente foram mais cuidadosos.

Como mencionei antes, não haverá muitas consultas veterinárias com uma cobaia. As gaiolas podem ser de baixo custo Se você sabe o que está procurando. Uma ótima opção para a gaiola é construa um você mesmo. Posso garantir que qualquer gaiola em uma loja de animais será muito cara e pequena demais para qualquer cobaia adulta. Pelo preço que você paga por uma gaiola grande em uma loja, você pode construir uma gaiola com 4 vezes o tamanho.

Os preços dos alimentos variam dependendo de quanto eles se preocupam com a qualidade de seus alimentos. Pellets Eles são um alimento de qualidade muito alta e geralmente não contêm ingredientes adicionais que não são bons. Outros alimentos regulares podem ser obtidos por uma fração do preço. Ele Feno de Timóteo Pode ser comprado em uma loja. Ou você pode tentar comprá-lo de um fazendeiro local que garante que não seja prejudicial de forma alguma.

Cama Pode ser a parte mais cara de se ter um porquinho-da-índia, mas existem maneiras de consertá-lo. O uso de lã como roupa de cama reduz imensamente os custos. Em vez de comprar saco após saco de aparas de madeira, economize dinheiro jogando fora algumas toalhas e um quintal de lã na lavagem.

Em geral, depois de estabelecer seu animal de estimação em sua nova casa, o custo para mantê-los vivos e bem é bastante baixo. Isso varia de acordo com o número de porquinhos-da-índia que você tem e com que rapidez eles comem!

3. Alimentando um porquinho da índia

Oferecer uma dieta adaptada a cada estágio é essencial para garantir um ótimo desenvolvimento e estado de saúde. Você deve sempre ter água limpa e fresca, que renovaremos regularmente cerca de duas vezes por dia, feno de qualidade fresca e, juntamente com as rações de pellets indicadas de acordo com o estágio, também adicionaremos rações de ervas, frutas e vegetais recomendadas para porquinhos da índia, essenciais para o fornecimento de vitamina C.

Supervisiona regularmente o seu espaço para garantir que ele esteja limpo e que os alimentos disponíveis sejam frescos; além disso, devemos ter certeza de que a quantidade diária de porquinhos-da-índia é adequada, como influências de excesso de peso também em seu comportamento, causando desconforto e apatia.

5.- Viver uma boa vida

Ser pequenos animais, porquinhos-da-índia Eles podem viver v> 4-7 anos. É provável que esses animais de estimação não sejam surpreendentemente mortos depois de menos de um ano. É bastante seguro supor que você terá um amigo por pelo menos 3-4 anos, considerando quão bem você cuida deles.

O hamsters Eles podem viver por 2-3 anos, o que é muito bom. Mas não há tanta estabilidade> eles vivem apenas alguns anos. Isso ocorre porque eles são muito propensos a doenças e males genéticos.

Eu acho que o v> é muito bom. Não é muito pouco tempo para você não aprender a conhecê-lo o suficiente. Mas não é demais para você se cansar ou querer tentar outra coisa.

Poderíamos dar-lhe muito mais, mas estas são as principais razões para ter uma cobaia como animal de estimação. Eles são animais amorosos e sensíveis, carinhosos e brincalhões. Eles não requerem uma quantidade enorme de tempo de atenção ou dinheiro. Além disso, se você tem filhos, eles são uma excelente escolha como primeiro animal de estimação da família.

4. Enriquecimento, jogos e bem-estar

Além de cobrir suas necessidades básicas, você deve se esforçar para oferecer um ambiente apropriado para sua cobaia, começando com um ambiente higiênico e espaçoso, o que permite que você se exercite naturalmente. Lembre-se de que, além de serem animais gregários, que apreciam a vida comunitária com os de sua espécie, os porquinhos-da-índia precisam objetos para mastigar e brincar, por serem roedores especialmente curiosos e ativos.

Se não for possível adotar uma segunda cobaia para melhorar seu bem-estar, não deixe de passar tempo suficiente com ela, passando várias horas por dia que incluem sair do ambiente e interagir diretamente com você. É muito importante que você a incentive a se exercitar regularmente.

Da mesma forma, porquinhos-da-índia precisam esconderijos seguros para abrigar quando estão com medo ou querem descansar. No mercado, você encontrará estandes, canos, ninhos e todos os tipos de elementos que ajudarão você a se sentir mais confortável no ambiente. Você pode preenchê-los com feno seco, por exemplo. Este ponto é especialmente importante se você mora com outros animais, como cães e gatos.

Finalmente, não esqueça que esses animais requerem carinho constante e uma ambiente calmo. Relacionamento com ela de uma maneira positiva, não force Para fazer o que você não quer e avançar passo a passo para ganhar sua confiança. Se mesmo depois de um tempo sua cobaia ainda estiver triste ou deprimida, recomendamos que você procurar aconselhamento de um veterinário especializada nesses animais.

Se você quiser ler mais artigos semelhantes a Como ajudar um triste porquinho-da-índia?, recomendamos que você entre na seção Problemas de comportamento.

LEGUMES E PETISCOS FRESCOS, BÁSICOS PARA OS DENTES DE COBAYAS

Todo proprietário responsável por uma cobaia deve conhecer minimamente as características de sua anatomia. Além dos dois dentes da frente (o mais proeminente e que melhor se nota), a verdade é que o resto da boca do porquinho-da-índia é um grande desconhecido para o comum dos mortais que não gostam de conhecimentos veterinários. No entanto, e embora sejam os quatro dentículos da frente que requerem mais cuidados, é importante saber que o restante dos dentes da cobaia geralmente goza de boa saúde até a velhice.

Como os dentes da cobaia não param de crescer constantemente, é necessário que esses animais tenham à sua disposição o que arquivar e vestir. Algo que tem que acontecer além disso simultaneamente, isto é, que ambos os dentes se desgastam ao mesmo tempo e para os quais é essencial uma higiene bucal adequada.

Vamos esquecer a priori de escovar a nós mesmos e creme dental, nada está mais longe do que eles precisam! Na realidade, Os dentes deste roedor exigem elementos naturais para manter a higiene adequada. Por um lado, e para ajudá-los a exercitar os dentes e usá-los, nossa cobaia nos perguntará Frutas e vegetais diários. Especificamente, vegetais de caule espesso, como o alho-poró, são os que melhor contribuem para a capacidade de exercitar os dentes (facilitando o desgaste gradual e equitativo dos dentes) e, ao mesmo tempo, mantê-los o mais saudáveis, limpos e fortes possível.

Mas, além de dar ao nosso animal de estimação uma alimento natural para roedoresTambém é importante contarmos com lanches específicos para porquinhos-da-índia. Alguns são feitos com alguns de seus objetos escuros de desejo (frutas e feno, fundamentalmente) e que não só colaboram em sua higiene bucal, mas também facilitam o polimento dentário tão necessário, enquanto os entretêm exercitando suas mandíbulas.

Finalmente, uma dica: se detectarmos que nossa cobaia perdeu algum dente (algo que pode acontecer quando as barras da gaiola são roídas), será urgente visitar o veterinário. Devemos seguir todas as recomendações do profissional para manter a saúde bucal de nosso animal de estimação afastada.

E, se cuidarmos bem dos dentes da cobaia, podemos desfrutá-la com bem-estar e da melhor maneira: observando o movimento peculiar do focinho.

Pin
Send
Share
Send
Send